Skip to content

Google homenageia Erwin Schrödinger com um doodle

agosto 12, 2013

Quem entrar no site http://google.com hoje (dia 12 de agosto de 2013) vai se deparar com o Doodle abaixo:

Imagem

Pra quem não sabe, Schrödinger é um dos pais da Mecânica Quântica (não, não é aquela coisa que pseudo-intelectuais como Jô Soares gostam de ficar arrotando na TV).

Ele, dentre outras coisas, deduziu matematicamente a equação de ondas, a qual permite estabelecer uma relação entre a energia de um sistema (pode ser uma molécula, por exemplo) e as ondas eletromagnéticas que o representam. 

Nascido em Viena no ano de 1887, filho de um industrial e sua esposa anglo-austríaca, ele foi educado em casa quando criança e foi estudar física teórica na Universidade de Viena antes mesmo de prestar serviço militar voluntário, quando retornou à academia mais tarde para estudar física experimental.

Durante a primeira guerra mundial (blergh) ele interrompeu seus estudos antes que pudesse ser mandado de volta a Viena (em 1917) para ensinar em um curso de Meteologia.

Entretanto, tivemos que esperar até 1930 para que ele mudasse para sempre a face da física, foi quando ele produziu uma série de artigos no curto período de seis meses na área de física teórica.

Por volta de 1925, como professor de física na Universidade de Zurique e tirando férias nos Alpes, Schrödinger formulou uma equação de ondas que dava de forma acurada os níveis de energia de átomos. Ele formou, então, as bases do trabalho que o levaria a receber o prêmio Nobel de Física em 1933.

Nos anos subsequentes, ele repetidamente criticou as interpretações convencionais da mecânica quântica usando o paradoxo bem conhecido do “Gato de Schrödinger”. (por isso o gatinho no Doodle publicado pela Google hoje)

Esse experimento mental foi desenvolvido para ilustrar o que ele via como problema em torno da aplicação da clássica “interpretação de Copenhagen” da mecânica quântica aos objetos do cotidiano.

Outros trabalhos seus focaram-se em diferentes campos da Física, incluindo mecânica estatística, termodinâmica e teoria das cores.

No ano de 1944 ele escreveu um livro “What Is Life?”, no qual ele se voltou aos problemas da genética, dando um olhar mais próximo ao fenômeno da vida do ponto de vista da Física.

Ele faleceu em Viena em Janeiro de 1961 de tuberculose que afetou-o durante toda a sua vida. Foi enterrado na vila austríaca de Alpbach.

FONTE

 

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: